Histórico

Histórico de Urupês

DADOS HISTORICOS GERAIS DE URUPÊS

Urupês é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 21º12'06? sul e a uma longitude 49º17'24? oeste, estando a uma altitude de 436 metros. Sua população estimada em 2009 era de 12.388 habitantes

Geografia

Possui uma área de 324,785 km².

Hidrografia

Ribeirão Barra Mansa ou ribeirão do Cubatão

Rodovias

SP-379

Administração

Prefeito: Jaime de Matos (2009/2012)

Vice-prefeito: Sônia Maria Cabral Mazoco 

Presidente da câmara: Marcelo Hernandes (Canela)(2009/2010) 

Localização do Municipio de Urupês

Unidade federativaSão Paulo
MesorregiãoSão José do Rio Preto IBGE/2008[1]
MicrorregiãoNovo Horizonte IBGE/2008[1]
Região metropolitana 
Municípios limítrofesIbirá, Marapoama, Irapuã, Potirendaba
Distância até a capital470 km
Área324,785 km²
População12.388 hab. est. IBGE/2009
Densidade38,3 hab./km²
Altitude436 m
ClimaNão disponível
Fuso horárioUTC-3
IDH0,795 médio PNUD/2000
PIBR$ 119.605 mil IBGE/2005
PIB per capitaR$ 9.686,00 IBGE/2005

 DATA DO ANIVERSÁRIO: 24 de Setembro

 ORIGEM DO NOME: Tupi-Guarani - cogumelo, orelha de pau, etc.

Povoação de Mundo Novo, no município de Itajobi, Comarca de Itápolis. Foi elevado a Distrito de Paz pela Lei nº.1.787-B, de 30 de Setembro de 1.921 e a município pela Lei nº.2.286, de 24 de Setembro de 1928. Como município instalado a 16 de Janeiro de 1.929, foi constituído o Distrito de Paz Mundo Novo. O Decreto-Lei nº.14.334, de 30 de Novembro de 1.944, mudou-lhe o nome para Urupês e transferiu o município para a Comarca de Novo Horizonte.

 INCORPORADO O DISTRITO DE: São João de Itaguaçu, pela Lei nº.2.456, de 30 de Dezembro de 1.953.

 FUNDADORES: Joaquim Lourenço de Matos, João da Mata, Antonio Feliciano, Inocêncio de Assis Correia, Espiridião de Tal, Pedro Camilo, Joaquim  Cândido Ribeiro, Orestes da Silva Rosa, Francisco Moreira de Freitas, Joaquim Machado Rolemberg, Horta Barbosa, Abrão Calil, Maria Cardoso e João Antonio de Paula, Pedro Romero e Bernardino Cardoso.

 HISTÓRICO: Em 1.914, quando efetuava as divisões de terras desta rica gleba do estado, encontravam-se aqui os sertanejos Antonio Feliciano Júnior, que veio para esta região em 1.891. Bernardino Cardoso, Inocência de Assis Correia, João da Mata, Joaquim Lourenço de Matos e Dona Maria Cardoso, sendo os dois últimos os doadores de parte de terreno que constituiu o patrimônio de São Lourenço, numa área de 40 hectares, aproximadamente.

 REGIÃO ADMINISTRATIVA: O município de Urupês pertence a 8ª Região Administrativa de São José do Rio Preto População de 12.388 habitantes - (IBGE - 2009 - Estimativa)

 ATRAÇÕES TURÍSTICAS: O Ribeirão Barra Mansa, ou Cubatão, é  excelente atrativo pela sua piscosidade.

 EVENTOS: 10 de Agosto - Dia de "São Lourenço", padroeiro da cidade;

2ª quinzena de Setembro - Realização do "Grande Rodeio de Urupês" e 24 de Setembro - Dia do Município.

 DADOS HISTÓRICOS

 Os habitantes e o desenvolvimento das culturas nas terras onde está hoje situado o Município de Urupês, encontrados por Manoel Correia e o Mineiro Antonio Feliciano Jr. ao chegarem nesta região, em 1.890, demonstravam haver sido esta zona povoada há dez anos mais ou menos. Dona Maria Cardoso, viúva de Lourenço Cardoso e seu filho Bernardino Cardoso, possuidores de uma vasta área de terras, que abrangia da margem esquerda do Ribeirão Cubatão, até a sede atual do Município, fizeram doação de 40 alqueires de sua propriedade para formação do patrimônio de São Lourenço onde foi erigida em 1.913 a primeira capela do povoado.

Com a chegada dos primeiros cultivadores de café, é feito o loteamento dos terrenos pelos engenheiros Horta Barbosa e Machado Rolemberg. A região tomou grande impulso, atraindo numerosas famílias, principalmente nos anos de 1.917 e 1.918. No povoado, então conhecido por "Mundo Novo", foi criado o Distrito Policial, em 25 de Agosto de 1.919, pela Lei Municipal nº.1.787-B, de 30 de Setembro de 1.921, Mundo Novo foi elevado a Distrito de Paz, no Município de Itajobi e Comarca de Itápolis. Elevado a Município em 1.928, pela Lei nº.2.286 de 24 de Setembro, instalado a 16 de Janeiro de 1.929 ficou constituído de um único distrito de paz, o de Mundo Novo. O Decreto nº.9.775, de 30 de Novembro de 1.938, transferiu o município para a comarca de Novo Horizonte (79ª Zona Eleitoral), e o Decreto Lei nº.14.334, de 30 de Novembro de 1.944 mudou-lhe o nome para Urupês. A Lei nº.2.456, de 30 de Dezembro de 1.953 criou o Distrito de São João de Itaguaço, no Município de Urupês, com sede no povoado de igual nome e com território desmembrado da sede municipal. É Comarca desde 1.958 criada pela Lei nº.5.121 de 31 de Dezembro de 1.958 e instalada em 24 de Setembro de 1.965.

CAFÉ MUNDO NOVO

Excelente variedade do café Sumatra, café aqui desenvolvido recebeu a denominação de "Mundo Novo", dada pela Instituição Agronômica de Campinas, em homenagem ao antigo nome desta cidade.

Foi o café Sumatra selecionado em Urupês, graça ao espírito de observação aliado à inteligência de dois laboriosos agricultores aqui radicados, os senhores Luiz Crivelaro e Pedro Mázaro, que realmente foram os primeiros selecionadores e distribuidores da semente dessa variedade que agora se chama "Mundo Novo".

Dentre as diversas versões sobre a origem dessa variedade de café, consta uma: em 1920, mais ou menos, veio de Jaú para um sitiante conhecido por cabloco, residente no córrego Brumado, na fazenda Palmeiras, uma lata de 20 litros de café Sumatra. Por ser desconhecida essa qualidade de café, o Cabloco plantou-a misturando-a com café Bourbon, conhecido por sua boa produção.

Dessa mistura nasceram algumas plantas das quais sobreviveram apenas alguns pés, devido a uma seca reinante nesse ano. Dos restantes que cresceram e, no seu devido tempo, produziram notaram os senhores Luiz Crivelaro e Pedro Mázaro que havia alguns mais enfolhados e com maior produção, razão pela qual pediram então ao proprietário, sementes desses pés em troca de igual quantidade de café comum.

O Sr.Luiz Crivelaro, mais cauteloso, não plantou só daquela semente, por pensar que se tratava de café maragogipe, uma quantidade que dava pés grandes, mas pouca produção. Plantou-a com uma pequena mistura de café Bourbon, em sua propriedade, na fazenda Bacuri.

Já o Sr.Pedro Mázaro plantou das sementes selecionadas, tendo formado uma ótima lavoura de 30.000 pés, na região conhecida por Três Marcos. 


Copyright © 2017. Direitos de conteúdo reservados a:
CAMARA MUNICIPAL DE URUPÊS

Mauritec

Rua José Bonifácio, 558 - Centro - Urupês/SP
Fone: (17) 3552-1252
E-mail: contato@camaraurupes.sp.gov.br